Notícias Locais

Câmara aprova projetos para fortalecer a agricultura familiar

POLITICA | 21/06/2016 10h 40min

Com o objetivo de fortalecer a agricultura familiar em Lucas do Rio Verde e garantir melhorias nas comunidades Cedro e Quatá, a Câmara Municipal aprovou dois projetos de lei na sessão ordinária realizada nesta segunda-feira (21). Os projetos 47 e 48 do Executivo autorizam a firmar convênio para a construção de equipamentos comunitários e concessão de auxílio financeiro de cerca de R$ 156 mil.

 

Na Comunidade Cedro, que contempla 18 famílias, o auxílio será de R$ 80.305,00, que deverão ser utilizados na conclusão da sala de manipulação de alimentos, na elaboração de projeto e execução de serviço de perfuração de um poço semi-artesiano, e na elaboração de projeto e execução de extensão de 20 metros e rebaixamento de energia elétrica.

Já na Comunidade Quatá, com 30 famílias de agricultores com produção hortifrutigranjeira, o valor é de R$ 75.780,00 para custear despesas na elaboração de projeto e execução de serviço de perfuração de um poço semi-artesiano, na elaboração de projeto e execução de extensão de 20 metros e rebaixamento de energia elétrica, e na aquisição e implantação de 30 hidrômetros com kit cavalete.

“Nesses últimos anos, a agricultura familiar tem recebido grandes investimentos e isso demonstra a preocupação e sensibilidade do governo com essas famílias. Assim, teremos também melhoria na qualidade da merenda escolar e aumento da renda do produtor rural, além de produtos locais com preços melhores nos mercados”, comentou o vereador Airton Callai (PSB).

Durante a sessão, a vereadora Cleusa de Marco (PT) também solicitou melhorias para a Comunidade Itambiquara. A Indicação nº 52/2016 apresenta ao Executivo Municipal a necessidade de implantar uma agroindústria para a produção de farinha de mandioca.

“A produção de mandioca hoje é vendida aos mercados e, muitas vezes, congestiona e essas empresas não conseguem absorver toda produção. A farinha de mandioca seria uma identidade para a comunidade, uma vez que não há no município agroindústria nesse setor, e também viria suprir o mercado local com produtos de qualidade, gerando renda e melhor qualidade de vida para essas famílias”, justificou a vereadora.

Na sessão ainda foram aprovados quatro projetos de decreto legislativo concedendo títulos de Cidadão Honorário. A próxima sessão ordinária acontece no dia 27 de junho, às 17 horas, no auditório da Câmara Municipal.

Fonte:   Ascom Câmara de Vereadores Lucas do Rio Verde